13/09/2019

MANGA/CEPEA: Tommy e palmer recuam em todas as praças

Vendas ainda são consideradas lentas

Por Laís Marcomini e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Tommy e palmer recuam em todas as praçasVer fotos

Piracicaba, 13 - O mercado de manga foi marcado por queda de preços em todas as praças produtoras nesta semana (09 a 13/09), tanto para a tommy quanto para a palmer. De acordo com agentes do setor, múltiplos fatores podem ser considerados ao analisar as reduções. A oferta é mais expressiva na maior parte dos municípios produtores acompanhados pelo Hortifruti/Cepea; as vendas são lentas (a nível atacadista e produtor) e as exportações para a Europa ainda estão abaixo do esperado. Além disso, na semana passada, houve uma retirada maior de mangas fora do ponto ideal de maturação, o que também limitou o escoamento. Destaca-se, ainda, que a grande variação no padrão comercial e no tamanho tem aumentado a amplitude dos preços.

Em Livramento de Nossa Senhora (BA), por exemplo, a tommy teve preços mínimos de R$ 0,80/kg e máximos de R$ 1,50/kg. No Norte de Minas Gerais, a diferença foi um pouco menor, mas também chamou a atenção: a palmer teve o menor preço de R$ 1,50/kg e o maior de R$ 1,80/kg; já no Vale do São Francisco (PE/BA), a palmer ficou entre R$ 1,10/kg e R$ 1,54/kg.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: bahia, cotação, demanda, Jaíba, janaúba, juazeiro, livramento de nossa senhora, manga, norte de MG, oferta, palmer, pernambuco, Petrolina, preço, tommy

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui