13/07/2018

MANGA/CEPEA: Palmer exportação se valoriza, mas recua no BR

A diferença de preços é a maior desde 2016 para a variedade no Vale do São Francisco

Por Gabriel Pacheco Oliveira e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Palmer exportação se valoriza, mas recua no BRVer fotos

Piracicaba, 13 - Nesta semana (09 a 13/07), foi registrada uma grande diferença de preços entre a manga palmer de Petrolina/Juazeiro (PE/BA) destinada à exportação, e a mesma variedade destinada ao mercado nacional. A diferença expressiva de R$ 0,73/kg foi a maior registrada desde junho de 2016, quando o preço da fruta para exportação foi R$ 1,06/kg acima do que a destinada ao mercado interno. 

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a razão da discrepância nesta semana foi que o mercado externo está  mais aquecido do que o interno. Isso porque as frutas brasileiras estão se beneficiando de uma janela comercial que está aberta no mercado europeu. Com o fim da safra da Costa do Marfim, a oferta seria suprida por Senegal – mas houve atraso no início da safra daquele país, o que deixou uma brecha no mercado europeu, que veio a calhar muito bem aos mangicultores brasileiros. Além da alta demanda europeia, a forte valorização do dólar e do euro frente ao Real estimulam os envios, que se tornam ainda mais lucrativos. Assim, a manga palmer para exportação foi cotada à média de R$ 2,34/kg, enquanto a fruta para mercado interno foi cotada à média de R$ 1,61/kg nesta semana. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotações, exportação, HF Brasil, manga, mercado interno, palmer, preço, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui