26/11/2021

MANGA/CEPEA: Palmer do Vale está valorizada frente às outras praças

Exportação dá vantagem à praça nordestina

Por Deborah Tiemi Kubo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Palmer do Vale está valorizada frente às outras praçasVer fotos

Piracicaba, 26 - Os preços da manga palmer continuaram firmes nesta semana em todas as praças produtoras. No Vale do São Francisco (PE/BA), especificamente, as cotações desta variedade estão bem superiores às das outras regiões brasileiras. No Vale, a média da palmer nesta semana (22 a 26 de novembro) foi de R$ 2,26/kg (+21%), enquanto em Livramento de Nossa Senhora (BA) e no Norte de Minas Gerais, por exemplo, a mesma variedade foi comercializada à média de R$ 1,43/kg e R$ 1,28/kg, respectivamente.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a oferta restrita na praça nordestina também acompanha a de outras praças brasileiras, onde a disponibilidade também não é elevada. O que tem permitido significativa diferença nos preços do Vale é a boa demanda pela variedade para exportação, que reduz a disponibilidade no mercado doméstico. Inclusive, a palmer para exportação está em patamares ainda mais altos que a de mercado interno no Vale: média de R$ 3,10/kg nesta semana (+12% em relação à passada).

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, exportação, Jaíba, janaúba, juazeiro, livramento de nossa senhora, manga, MG, Minas Gerais, norte de MG, oferta, palmer, Petrolina, preço, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui