19/12/2019 às 23:00

MANGA/CEPEA: Mangicultores do NE não apostam em grandes surpresas neste final de ano

Ainda assim, tommy e palmer se valorizam nesta semana

Por Laís Marcomini, Felipe Spessotto e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Mangicultores do NE não apostam em grandes surpresas neste final de anoVer fotos

Piracicaba, 20 - O mercado de manga pode oscilar em termos de preço e oferta nos últimos dias de 2019. Para alguns produtores do NE, a expectativa é de manutenção de preços – os mais otimistas ainda sugerem sutis elevações –, mediante a baixa oferta na região, junto a pedidos firmes. Já outros afirmam que, nesta época do ano, a preferência do consumidor muda para outras frutas (como uva, cereja, pêssego e ameixa), tornando as cotações mais baixas mediante possível redução na demanda e consequentemente acúmulo de mangas.

Ainda que no Vale do São Francisco (PE/BA) e em Livramento de Nossa Senhora (BA) não se tenha grande disponibilidade, São Paulo ainda oferta em níveis consideráveis, abastecendo alguns mercados em comum. Nesse contexto, o preço da tommy no Vale do São Francisco (PE/BA) ficou à média de R$ 0,83/kg (+5%) e a da palmer em R$ 1,50/kg (+11%) entre os dias 16 e 20 de dezembro. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, livramento de nossa senhora, manga, natal, oferta, palmer, preço, tommy, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui