05/12/2019 às 23:00

MANGA/CEPEA: Exportação ameniza queda de preços da tommy do Vale

Com atraso no Peru e Equador, BR têm boa inserção nos EUA

Por Laís Marcomini, Felipe Spessotto e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MANGA/CEPEA: Exportação ameniza queda de preços da tommy do ValeVer fotos

Piracicaba, 06 - Nesta semana (02 a 06/12), produtores do Vale do São Francisco (PE/BA) conseguiram escoar satisfatoriamente suas mangas para o exterior. A presença das frutas peruanas já é percebida lá fora, mas devido ao atraso da safra local e também do Equador, as mangas brasileiras estão sendo bastante demandadas. No caso dos envios aos EUA, o atraso na colheita dos dois países concorrentes tem permitido, inclusive, a extensão no período de envios da fruta – que normalmente termina em novembro.

Neste sentido, apesar de uma oferta constante a nível nacional (impactada principalmente pela colheita em SP), os preços da variedade tommy não tiveram fortes alterações: a média de comercialização foi de R$ 0,79/kg nesta semana no Vale, queda de apenas 0,5%. As vendas no mercado doméstico também fluíram bem, contribuindo para o bom cenário. Apesar da proximidade do encerramento da janela de envios aos EUA (prevista para esta semana, segundo o National Mango Board), a expectativa de exportadores é de manutenção dos envios a outros destinos, permitindo equilíbrio da oferta nacional.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, Equador, eua, exportação, manga, oferta, peru, preço, tommy, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui