30/04/2020

MAMÃO/CEPEA: Produtores da BA e ES têm perdas

Dificuldades pra vender ainda são observadas

Por João Victor Pereira e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Produtores da BA e ES têm perdasVer fotos

Piracicaba, 30 - Como esperado por produtores, o comércio de mamão se desacelerou ainda mais na última semana de abril (27 a 30/04), período no qual também houve aumento da oferta em algumas praças. Com isso, o preço recuou, principalmente no Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, onde houve alguns relatos de grandes perdas de frutas nas roças.

Na praça capixaba, o havaí foi vendido por R$ 0,40/kg, valor 33% inferior ao da semana passada, e o formosa por R$ 0,35/kg, queda de 36% na mesma comparação. De acordo com agentes, esse menor consumo esteve relacionado ao fim de mês, período de orçamento dos consumidores mais limitado e pelos impactos da covid-19, que dificultou o funcionamento de feiras livres e de food service (restaurantes), principalmente no Rio de Janeiro. Para a próxima semana, apesar de ser início de mês, produtores ainda temem o impacto do avanço da covid-19 na venda para os grandes centros consumidores.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, covid-19, HF Brasil, maior oferta, mamão formosa, mamão havaí, perdas, preço de mamão, vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui