14/01/2022

MAMÃO/CEPEA: Preços sobem no começo do ano

Chuvas causam estrago na roça

Por Wharlhey de Cássia Nunes, Maíra Kanegae e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Preços sobem no começo do anoVer fotos

Piracicaba, 14 - Nesta semana (10 a 14/01), os preços do mamão formosa e havaí subiram nas principais regiões produtoras acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. No Oeste da Bahia, o formosa foi vendido por R$ 2,36/kg, alta de 107% em relação à semana passada. Já o havaí tipo 12 a 18 foi comercializado por R$ 3,33/kg no Norte do Espírito Santo, aumento de 129% na mesma comparação.

Segundo produtores, houve uma série de fatores que fizeram com que os preços subissem: a pouca remuneração dos últimos anos, que desmotivou o plantio de novas áreas; a falta de sementes de formosa no mesmo período e as chuvas intensas de verão (2021/22), que têm atingido BA e ES e causado aparição de doenças (pinta-preta e barba de papai noel), perdas de frutas e até morte de roças de mamão. Produtores relataram que, apesar dos problemas de qualidade, a baixa oferta tem garantido um bom escoamento das frutas.

Para a próxima semana, espera-se que o volume de mamão diminua ainda mais nas regiões mencionadas, o que pode elevar as cotações.

 

ATENÇÃO, LEITOR! Você já fez o seu recadastramento para continuar recebendo a revista Hortifruti Brasil na versão impressa? O prazo vai até 31/01/22. Recadastre-se agora via WhatsApp, clicando na imagem ao lado.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, chuvas, havaí e formosa, HF Brasil, Norte do Espírito Santo, oeste da bahia, preço de mamão, queda de oferta

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui