×
Mamão
Maio 21, 2021
MAMÃO/CEPEA: Preço não se sustenta e volta a recuar
O mercado não aceitou bem a valorização anterior

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri

 

MAMÃO/CEPEA: Preço não se sustenta e volta a recuar Ver fotos

Piracicaba, 21 - Nesta semana (17 a 21/05), o mamão voltou a se desvalorizar na maioria das regiões produtoras, após o aumento de preço da semana anterior. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, isso ocorreu porque o mercado não aceitou bem esse aumento – principalmente para o havaí, que triplicou o valor médio no período –, ainda mais na segunda quinzena do mês, que, geralmente, conta com volume de vendas menor e que está ainda menor neste ano, devido à fragilidade da economia nacional.

Assim, mesmo com a oferta controlada, o havaí tipo 12 a 18 foi vendido por R$ 1,21/kg no Sul da Bahia, queda de 13% em relação à semana passada. Para o formosa, os preços já estavam bem menores anteriormente, visto à sua maior disponibilidade, mas mesmo assim recuaram. O formosa foi comercializado por R$ 0,34/kg no Norte do Espírito Santo, valor 13% inferior na mesma comparação. Diante do fim do mês, é esperado que o volume de vendas de mamão siga baixo nas regiões produtoras.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags
formosa
havai
HF Brasil
mercado lento
Norte do ES
preço de mamão
queda de preço
sul da BA