09/04/2021

MAMÃO/CEPEA: Preço do havaí recua no RN/CE, enquanto sobe no Sul da BA

Entenda os motivos desse cenário

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Preço do havaí recua no RN/CE, enquanto sobe no Sul da BAVer fotos

Piracicaba, 09 - Enquanto o preço do mamão havaí estava recuando na maioria das regiões produtoras, o mesmo conseguiu se manter em bons patamares no Rio Grande do Norte/Ceará nas últimas semanas – cenário, porém, que não se sustentou nesta (05 a 09/04). O havaí de primeira qualidade foi comercializado por R$ 1,65/kg na praça potiguar/cearense, valor 14% inferior ao da semana anterior. Isso porque, apesar da oferta estar controlada por lá, a procura pela fruta ainda deixou a desejar. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a semana até começou com boas vendas, mas o mercado foi esfriando com o passar dos dias, até mesmo o regional.

Por outro lado, as cotações do havaí subiram no Sul da Bahia, fechando a semana em R$ 1,30/kg para os tipos 12 a 18, valor 53% superior na mesma comparação – destaca-se que não houve aumento esperado no comércio na BA neste início de mês, mas houve uma redução da oferta ocasionada pelo clima mais ameno. Para a próxima semana, produtores de ambas as praças acreditam que o mercado de mamão siga fraco pela aproximação da segunda quinzena do mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, desvalorização no RN/CE, HF Brasil, oferta controlada, preço de mamão havaí, preço sobe no Sul da BA, vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui