27/07/2018

MAMÃO/CEPEA: Julho fecha com desvalorização do formosa

Qualidade inferior é observada no Norte do ES e no Sul da BA

Por Gabriel Coneglian e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Julho fecha com desvalorização do formosaVer fotos

Piracicaba, 27 – As baixas temperaturas e a maior umidade, que interferem diretamente na produção de mamão, afetaram a qualidade da fruta nos últimos dias – especialmente para a variedade formosa. No Norte do Espírito Santo e no Sul da Bahia, os problemas reduziram os preços no mercado. Enquanto o clima mais frio influenciou na presença de frutas graúdas e na incidência de manchas fisiológicas, a umidade aumentou a aparição de doenças fúngicas – que acabam deteriorando os frutos ou diminuindo seu valor comercial.

Assim, nesta semana (23 a 27/07), o formosa foi vendido na média de R$ 0,61/kg no Norte do Espírito Santo, valor 28% menor em relação à semana passada. Já no Sul da Bahia, o preço médio foi de R$ 0,63/kg, sendo comercializado por valor 21% inferior na mesma comparação. Produtores do Hortifruti/Cepea esperam que, mesmo com qualidade limitada, o aumento da demanda no próximo mês possa influenciar positivamente sob as vendas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotação, formosa, HF Brasil, mamão, Norte do ES, oferta, preço, produção, qualidade, sul da BA

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui