18/09/2018

MAMÃO/CEPEA: Exportações superam as de 2017 em agosto

Volume parcial se aproxima ao do ano passado

Por Gabriel Coneglian e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Exportações superam as de 2017 em agostoVer fotos

Piracicaba, 18 – Na parcial de 2018 (janeiro a agosto), o volume de mamão brasileiro exportado, que começou baixo, voltou a se recuperar nos últimos meses, segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior). Os embarques se iniciaram em ritmo lento neste ano, em decorrência das cotações pouco remuneradoras em 2017, que resultaram na descapitalização do setor e na consequente diminuição dos investimentos em renovação de plantios – principalmente para a variedade havaí.

Contudo, com a entrada do segundo semestre, os envios internacionais se recuperaram. Em agosto, por exemplo, foram embarcadas 3,5 mil toneladas da fruta, valor 10% superior ao do mesmo mês no ano passado. Em relação à receita, inclusive, este aumento foi ainda maior – alta de 64% na mesma comparação – visto que o câmbio elevado tem favorecido este resultado.

Com isso, a parcial fechou com volume de 28,7 mil toneladas em 2018, queda de apenas 3% em relação ao observado em 2017. Já a arrecadação foi de US$ 30,7 milhões, aumento de 20% no mesmo comparativo.

De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, apesar de a demanda por frutas tropicais aumentar no hemisfério Norte em setembro, a oferta reduzida, principalmente para o formosa, pode "segurar" as exportações no período.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, demanda por frutas tropicais, exportação de mamão, exportações, exportações de frutas brasileiras, mamão, mercado internacional, secex

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui