12/02/2021

MAMÃO/CEPEA: Chuvas fortes afetam produção de havaí

Preços mais que dobram na roça

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Chuvas fortes afetam produção de havaíVer fotos

Piracicaba, 12 - O mamão havaí seguiu se valorizando nas principais regiões produtoras, Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, ao longo desta semana (08 a 12/02). Os preços mais que dobraram na roça no período. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o ocorrido se deve à constante redução do volume colhido da variedade nessas localidades - que foi intensificada, ainda, pelas fortes chuvas e granizos observados em algumas áreas no Sul da Bahia, que acabaram causando perdas em lavouras.

O havaí tipo 12 a 18 foi vendido por R$ 2,00/kg na praça sul baiana, alta de 116% em relação à semana anterior. Reflexo disso também foi sentido na Ceagesp, onde a variedade tipo 15 a 18 foi comercializada por R$ 25,00/cx de 8 kg, valorização de 33% na mesma comparação. Para a próxima semana, é esperado que a oferta havaí se mantenha restrita, mas novos aumentos de preços irão depender da aceitação do mercado, que geralmente é menos comprador na segunda quinzena do mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, chuvas fortes, granizos, HF Brasil, mamão havaí, Norte do ES, perdas nas lavouras, preço de mamão, sul da BA, valorização do havaí

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui