20/09/2019

MAMÃO/CEPEA: Calor acelera maturação das frutas

Atacadistas relatam menor tempo de prateleira em SP

Por Gabriel C. Barbosa, João Victor Pereira e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAMÃO/CEPEA: Calor acelera maturação das frutasVer fotos

Piracicaba, 20 - Nesta semana (16 a 20/09), o maior volume de mamão, tanto havaí quanto formosa, resultou em nova desvalorização na Ceagesp. Segundo atacadistas de São Paulo, a queda dos preços foi resultado, também, das maiores temperaturas nas principais regiões produtoras da fruta, que aceleraram a maturação e, consequentemente, diminuíram seu tempo de prateleira. Este cenário, por sua vez, induziu a redução das cotações por atacadistas, visando melhoras no escoamento.

Além disso, agentes relataram que ainda há frutas graúdas no mercado, prejudicando o comércio, principalmente da variedade havaí. Assim, o havaí tipo 15-18 foi comercializado na média de R$ 16,14/cx de 8 kg no atacado paulista, queda de 12% em relação à última semana. Já para o formosa, a desvalorização foi de 23% na mesma comparação, sendo vendido na média de R$ 20,00/cx de 13 kg. Para a próxima semana, atacadistas esperam uma queda mais acentuada de preços para o mamão formosa, já que poderá ocorrer maior entrada de frutas dessa variedade.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, calor, Ceagesp, Cepea, formosa, havai, HF Brasil, maturação acelerada, preço de mamão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui