02/10/2020

MAÇÃ/CEPEA: Virada de mês desacelera vendas

Menores calibres seguem mais visados

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Virada de mês desacelera vendasVer fotos

Piracicaba, 02 - Com a virada de mês, a procura por maçãs perdeu um pouco mais o ritmo nesta semana (28/09 a 02/10). Ainda assim, as vendas foram satisfatórias para boa parte das classificadoras do Sul, visto que estão com oferta restrita. Algumas empresas, em especial de médio porte, estão finalizando seus estoques. Outro fator que contribuiu para uma oferta controlada nesta semana foi o de que classificadoras trabalharam, em sua maioria, apenas com os lotes já classificados e vão abrir novas câmaras somente na semana que vem.

Agentes relataram que a procura pelas maçãs miúdas, especialmente as vendidas a granel, se manteve positiva, diante dos preços mais em conta. Dificuldades pontuais foram registradas apenas para a gala calibre 165 Cat 1, visto à sua boa concentração de oferta em Vacaria (RS) e São Joaquim (SC). Mesmo assim, a gala calibre 165 Cat 1 registrou leve aumento de 2% nos preços, sendo vendida a R$ 84,50/cx de 18 kg na média das regiões. Para a próxima semana, a expectativa é de que o ritmo de vendas de maçã aumente em função da demanda, que deve melhorar diante da semana de pagamento de salário. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: baixo estoque, Cepea, HF Brasil, maçã gala, menores calibres, preço de maçã, ritmo de vendas menor, virada de mês

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui