12/06/2020

MAÇÃ/CEPEA: Valorização é leve, mas constante

Feriado reduz classificação

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Valorização é leve, mas constanteVer fotos

Piracicaba, 12 - Os preços da maçã tornaram a aumentar no Sul nesta semana (08 a 12/06). De acordo com agentes, a menor oferta nacional e o controle das classificadoras seguem favorecendo as cotações, apesar da demanda ainda aquém do desejado. Assim, na média das regiões classificadoras, a fuji calibre 110 Cat 1 foi vendida a R$ 97,00/cx de 18 kg e a gala calibre 165 Cat 1 a R$ 61,10/cx de 18 kg, alta de 2% e 4%, respectivamente, frente à semana passada. 

Além disso, como muitas empresas estão com maiores estoques de frutas muito miúdas este ano (calibre 180 em diante), que são de difícil comercialização (especialmente as de Cat 3), as mesmas têm buscado elevar os preços das médio-graúdas e das Cat 1 a fim de compensar as vendas dos padrões inferiores e evitar bruscas reduções na receita.

Vale apontar que, com o feriado na quinta-feira (11, Corpus Christi), houve um dia a menos de classificação – e para as empresas que emendaram a sexta-feira, foram dois –, o que também colaborou para uma menor disponibilidade nesta semana. Para algumas, o feriado interferiu nos carregamentos, mas de forma muito pontual.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, controle das classificadoras, Corpus Christi, feriado, HF Brasil, menor oferta nacional, menos de classificação, preço de maçã, regiões classificadoras, Sul

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui