22/01/2021

MAÇÃ/CEPEA: Tempo fecha no Sul e interrompe a colheita da gala

Preços da variedade caem nos classificadores

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Tempo fecha no Sul e interrompe a colheita da galaVer fotos

Piracicaba, 22 - Chuvas atrapalharam a colheita da maçã gala da safra 2020/21 em diversos pomares do Sul do País nesta semana (18 a 22/01). A interrupção constante da atividade reduziu a disponibilidade da fruta para a classificação e, consequentemente, para a comercialização – ficando abaixo do esperado no período. Mesmo assim, as poucas entradas que ocorreram já resultaram na oscilação dos preços ao longo da semana, os quais fecharam em queda.

Além disso, de acordo com agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, muitos clientes estão receosos em pagar valores elevados sabendo que, em poucos dias, podem cair, devido à retomada e intensificação da colheita. O perfil de gala que mais se desvalorizou foi a Cat 3 nos menores calibres (a partir da 165), em função da priorização na procura de Cat 1 e da concorrência com a eva Cat 1 de mesmos tamanhos – a qual tem apresentado preços atrativos. Assim, na média das regiões classificadoras, a gala 165 Cat 3 foi vendida a R$ 71,50/cx de 18 kg, recuo de 17% frente à semana passada. Para a próxima, agentes esperam que o volume ofertado de gala aumente, voltando a “balançar” as cotações da variedade.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, classificação, colheita da safra 2019/20, desvalorização, HF Brasil, maçã gala, preço de maçã, Sul

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui