26/06/2020

MAÇÃ/CEPEA: Preços sobem até no fim do mês

Comercialização segue a todo vapor

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Preços sobem até no fim do mêsVer fotos

Piracicaba, 26 - Mesmo próximo do fim de mês, a demanda por maçãs permaneceu aquecida nesta semana (22 a 26/06). Assim, com a oferta controlada, os preços subiram nas regiões classificadoras - especialmente para os calibres médios e miúdos, que ganharam atenção do mercado por serem opções mais em “conta” frente aos graúdos. Assim, enquanto a gala calibre 110 Cat 1 se valorizou 3% nas classificadoras, sendo vendida por R$ 99,00/cx de 18 kg, a mesma variedade de calibre 165 registrou alta de 8%, comercializada a 71,69/cx.

Vale apontar, porém, que a valorização dos menores calibres, movimento que já vem desde a semana passada, “incomodou” um pouco compradores do Nordeste, região que usualmente acaba tendo preferência por estes perfis. Mas, mesmo assim, as classificadoras do Sul conseguiram escoar a fruta para o Nordeste. Para a próxima semana, a expectativa inicial é de que as classificadoras continuem trabalhando com a oferta controlada de maçãs. No entanto, boa parte das exportações devem se encerrar este mês, fazendo com que as empresas que estavam mais focadas no mercado internacional se voltem para o doméstico, cenário que pode alterar a oferta na primeira quinzena de julho.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: calibres médios e miúdos, Cepea, demanda aquecida, fim de mês, HF Brasil, maçã gala, oferta controlada, opções mais em ?conta?, preço de maçã

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui