04/10/2019

MAÇÃ/CEPEA: Preços se estabilizam no início de outubro

Demanda permanece desaquecida

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Preços se estabilizam no início de outubroVer fotos

Piracicaba, 04 - A manutenção das cotações de maçã marcou este início de outubro. De acordo com agentes, nesta semana (30/09 a 04/10), a demanda ainda permaneceu desaquecida, por conta do fim de mês. Como resultado, as classificadoras optaram pela manutenção dos preços, a fim de favorecer o escoamento da fruta. Ainda assim, houve um giro satisfatório nas comercializações, principalmente das maçãs miúdas e de categoria 3 – que, apesar de apresentarem baixo volume ofertado, possuem menores preços frente aos demais padrões.

As cotações se alteraram apenas para a gala graúda Cat 1, que registrou leve recuo de 4% (frente à semana passada) em São Joaquim (SC) e fechou em R$68,67/ cx de 18 kg, e para a fuji graúda Cat 1, que em contrapartida, teve alta de 4% em Vacaria (RS) e fechou em R$ 60,67/ cx de 18 kg. Vale destacar que, para a próxima semana, agentes esperam uma retomada nas vendas de maçã – o que, somada à redução gradual na oferta, podem proporcionar a valorização das maçãs, principalmente da gala (que possui menor volume estocado do que a fuji).

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, classificadores, demanda fraca, escoamento limitado, estabilidade, fim de mês, fuji, gala, HF Brasil, preço de maçã

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui