14/01/2022

MAÇÃ/CEPEA: Preços reagem no começo de ano

Estoques de 2020/21 ainda estão sendo comercializados

Por Isabela Pegolo Alves e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Preços reagem no começo de anoVer fotos

Piracicaba, 14 - Como as primeiras colheitas de gala da safra 2021/22 já estão sendo realizadas, a oferta destinada ao comércio ainda é remanescente da campanha 2020/21. Assim, os classificadores ainda estão trabalhando com estoques. Esses, por sua vez, estão baixos e, como decorrência disso, agentes conseguiram puxar o preço das maçãs nesta semana (10 a 14/01).

Na média das regiões classificadoras, a gala 165 Cat 1 foi vendida a R$ 54/cx de 18 kg, aumento de 4% frente à semana passada. Já a fuji 110 Cat 1 foi comercializada a R$ 71,77/cx de 18 kg, alta de 4% na mesma comparação. Classificadores comentaram que, após as semanas mais paradas de festas, as vendas melhoraram, havendo um giro satisfatório. Para as próximas semanas, espera-se um mercado de maçã mais “bagunçado”, diante da entrada da gala da nova temporada. Assim, os preços podem se reajustar.

 

ATENÇÃO, LEITOR! Você já fez o seu recadastramento para continuar recebendo a revista Hortifruti Brasil na versão impressa? O prazo vai até 31/01/22. Recadastre-se agora via WhatsApp, clicando na imagem ao lado.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: aumento de preço, Cepea, colheita da safra 2021/22, estoque da safra 2020/21, fuji e fala, HF Brasil, Maçã, regiões classificadoras

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui