29/01/2021

MAÇÃ/CEPEA: Pequeno acréscimo na oferta da gala já balança mercado

Semana é marcada por dificuldade nas negociações

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Pequeno acréscimo na oferta da gala já balança mercadoVer fotos

Piracicaba, 29 - Os preços da maçã caíram novamente nas regiões classificadoras do Sul nesta semana (25 a 29/01). No período, Fraiburgo (SC) e Vacaria (RS) deram prosseguimento à colheita da gala – que ficou aquém do esperado devido às chuvas que continuaram atrapalhando a atividade. Mesmo assim, o pequeno acréscimo na oferta da variedade já foi suficiente para “balançar” o mercado.

Agentes relataram, ainda, dificuldade nas negociações, visto o receio de muitos compradores de não conseguir repassar os preços ao varejo devido à constante diminuição dos mesmos ao longo da semana. Desde segunda-feira, os preços da maçã caíram quase que diariamente, principalmente para a Cat 3 a partir do calibre 165. O fim de mês – momento em que o poder de compra do consumidor está mais limitado – também colaborou para que a procura pela fruta diminuísse.

Com isso, na média das regiões classificadoras, a gala 165 Cat 3 foi vendida a R$ 57,22/cx de 18 kg, recuo de 20% frente à semana passada. Destaca-se que o aumento no número de empresas ofertantes intensificou a dispersão de preços no período. Para a próxima semana, a tendência é de que a oferta de gala siga em alta, o que pode provocar novas oscilações de preço.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, colheita da safra 2020/21, dificuldade nas negociações, empresas classificadoras, HF Brasil, maçã gala, preço de maçã, queda de preços, sul do país

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui