10/09/2021

MAÇÃ/CEPEA: Paralisação dos caminhoneiros afeta venda dos classificadores

Agentes até suspendem atividades no período

Por Isabela Pegolo Alves e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Paralisação dos caminhoneiros afeta venda dos classificadoresVer fotos

Piracicaba, 10 - Caminhoneiros brasileiros paralisaram, parcialmente, suas atividades após o feriado (07). Em algumas localidades, as manifestações foram mais brandas, mas, em outras, mais intensas. É o caso do Sul, região onde se concentra produtores e classificadores de maçãs.

Assim, como forma de contornar essa situação, classificadores optaram por adiantar as vendas antes do ocorrido, mas apenas para aqueles que possuíam clientes com contratos fechados, ou até suspender suas atividades nesta semana (06 a 10/09), a fim de evitar prejuízos, caso o produto ficasse muito tempo parado na estrada.

Desta forma, foram poucos os classificadores que obtiveram preços. Para a gala 165 Cat 1, a média nominal foi de R$ 58,55/cx de 18 kg nas praças acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. Espera-se que, para a próxima semana, haja normalização das atividades logísticas, retornando normalmente o comércio de maçã.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: antecipação das vendas, Cepea, HF Brasil, paralisação dos caminhoneiros, preço de maçã, suspensão das atividades dos classificadores

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui