23/07/2021

MAÇÃ/CEPEA: Fim de mês se aproxima, deixando mercado mais lento

Clima mais frio também reduz consumo

Por Isabela Pegolo Alves e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Fim de mês se aproxima, deixando mercado mais lentoVer fotos

Piracicaba, 23 - O comércio de maçã se enfraqueceu ainda mais nas regiões classificadoras nesta semana (19 a 23/07). Agentes consultados pela equipe do Hortifruti/Cepea apontaram que a proximidade do fim de mês, que diminui o poder de compra dos consumidores, foi um dos principais motivos. Além disso, o clima mais frio do Sul e do Sudeste motivou a redução do consumo de frutas, no geral.

Diante desse cenário, a gala calibre 165 Cat 1 foi vendida a R$ 72,84/cx de 18 kg na média das regiões classificadoras, queda de 4% frente à semana passada. As expectativas para a próxima semana são de vendas de maçã ainda enfraquecidas, por se tratar da última semana do mês e da permanência das baixas temperaturas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, desvalorização, estoques elevados, frente fria, HF Brasil, preço de maçã, RS, safra 2020/21, SC, segunda quinzena, vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui