25/07/2018

MAÇÃ/CEPEA: Exportações se encerram

Embarques devem se recuperar frente à temporada passada

Por Lavínia Morais e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Exportações se encerramVer fotos

Piracicaba, 25 – As negociações de maçã ao mercado internacional devem terminar em julho, com recuperação dos envios frente à temporada passada. De acordo com a Secex, na parcial da temporada 2017/18 (de fevereiro a junho), os embarques totalizaram 66 mil toneladas para todos os destinos (alta de 37%), sendo 20% do volume apenas para Bangladesh. Em receita, os envios somaram US$ 49 milhões no mesmo período.

Apesar de a União Europeia continuar sendo o principal destino, o Oriente Médio aumentou bastante o consumo da fruta brasileira nos últimos anos – especialmente nesta campanha, a maior oferta de maçãs miúdas favoreceu os embarques para este mercado, que tem preferência por esse calibre.

Em relação às importações, de janeiro a junho/18, somaram 27 mil toneladas e o gasto foi de US$ 27 milhões, fechando a balança comercial em cerca de US$ 22 milhões, valor 656% superior em relação à parcial da safra passada. Vale lembrar que, como o dólar está valorizado em relação ao Real, as frutas importadas estão menos competitivas frente às nacionais, devido aos preços mais elevados.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, embarques, exportações de maçã, importações de maçã, Maçã, mercado internacional, secex

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui