17/04/2020

MAÇÃ/CEPEA: Cotações das miúdas seguem pressionadas

Colheita da fuji se aproxima do fim no Sul

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Cotações das miúdas seguem pressionadasVer fotos

Piracicaba, 17 - No Sul, a colheita da maçã fuji se aproxima do fim, com os preços da variedade ainda oscilando bastante. Segundo agentes, empresas menores e pequenos produtores, que não possuem grande capacidade de armazenamento, estão comercializando a fruta a preços inferiores no mercado, o que influenciou neste cenário. Além disso, o volume de cada calibre varia conforme a empresa – mesmo que, no geral, a oferta predominante seja de miúdas –, fazendo com que trabalhem as cotações dentro de suas respectivas possibilidades, visando o melhor escoamento dessas frutas.

Nesta semana (13 a 17/04), a demanda ainda se concentrou nas maçãs graúdas Cat 1, o que tem conferido bons preços às mesmas, mas dificultado o escoamento das miúdas Cat 3. Com isso, o preço da fuji calibre 110 Cat 1 foi de R$ 93,27 cx de 18 kg e, o da fuji 165 Cat 3, de R$ 40,11/cx de 18 kg na média das regiões classificadoras – manutenção e baixa de 5%, respectivamente. Para as próximas semanas, a expectativa é de que os preços das maçãs graúdas se sustentem, visto à menor oferta e à boa procura, enquanto os das miúdas sigam pressionados.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, classificação, colheita, demanda oscilando, HF Brasil, maçã fuji, oferta de miúdas, preço de maçã, preço variando bastante

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui