02/07/2021

MAÇÃ/CEPEA: Comércio de frutas miúdas é destaque de junho

Há boa procura do Nordeste

Por Ana Raquel Mendes, Isabela Pegolo Alves e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Comércio de frutas miúdas é destaque de junhoVer fotos

Piracicaba, 02 - Junho fechou com boas vendas de maçãs miúdas sendo registradas nas regiões classificadoras. Assim, esses menores calibres se valorizaram significativamente frente a maio. A gala calibre 165 Cat 1 foi vendida na média de R$ 57,77/cx de 18 kg, aumento de 20% na mesma comparação. Já a fuji de mesmo perfil foi comercializada por R$ 52,99/cx de 18 kg, alta de 16%. O fato de a oferta de frutas pequenas ser menor frente aos maiores tamanhos neste ano também favoreceu esse aumento de preço.

O bom comércio, por sua vez, se deve aos preços “mais em conta”, quando comparados aos maiores calibres, e a boa procura do Nordeste. Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, essa região é uma grande compradora desse perfil, mas geralmente o período de festa junina diminuía o consumo de lá em detrimento de produtos mais típicos da época – o que não ocorreu neste ano, já que as medidas restritivas da pandemia da covid-19 seguiram afetando a festança. Assim, a demanda nordestina foi contínua. Para a próxima semana, classificadores esperam melhora nas vendas de maçã, no geral, por se tratar da primeira semana do mês.

Nota: Nesta semana (28/06 a 02/07), a gala calibre 165 Cat 1 foi vendida na média de R$ 61,10/cx de 18 kg, aumento de 1% frente à semana passada. Já a fuji de mesmo perfil foi comercializada por R$ 56,88/cx de 18 kg, estabilização na mesma comparação.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: boa procura do Nordeste, Cepea, gala e fuji, HF Brasil, menores calibres, preço de maçã, regiões classificadoras, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui