05/02/2021

MAÇÃ/CEPEA: Colheita da gala aperta o passo, derrubando os preços

Variedade calibre 165 Cat 1 se desvaloriza 30%

Por Ana Raquel Mendes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MAÇÃ/CEPEA: Colheita da gala aperta o passo, derrubando os preçosVer fotos

Piracicaba, 05 - Os preços da maçã gala caíram novamente nesta semana (1º a 05/02) nas regiões classificadoras do Sul do País. Isso porque a intensificação da colheita, principalmente em Vacaria (RS) e Fraiburgo (SC), elevou a oferta da fruta no período - não sustentando os altos níveis de preços observados nas primeiras semanas do ano.

Agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea relataram, também, que há um elevado número de pequenos produtores no mercado neste momento, que não possuem capacidade de armazenamento e, por isso, precisam garantir um giro rápido nas suas comercializações - entrando com preços inferiores. Assim, além do recuo no preço, os valores praticados para a gala apresentaram grande dispersão nesta semana.

Na média das regiões classificadoras, a gala 165 Cat 1 registrou desvalorização de 30% no período, sendo vendida a R$ 58,73/cx de 18 kg. Nos próximos dias, os preços da maçã podem continuar caindo, visto que a oferta deve se elevar ainda mais com o início da colheita em São Joaquim (SC). Destaca-se que, visando “aliviar” a oferta doméstica, algumas empresas já deram início às exportações.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, HF Brasil, intensificação da colheita, maçã gala, maior oferta, preço de maçã, queda de preços, safra 2020/21, sul do Brasil

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui