03/10/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Todos estão aptos a se enquadrar na lei da rastreabilidade?

A resposta é não... Entenda o motivo!

Por Hortifruti Brasil
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Todos estão aptos a se enquadrar na lei da rastreabilidade?Ver fotos

Piracicaba, 03 – Até 2021, todos os produtos hortifrutícolas comercializados in natura devem estar devidamente adequados ao conjunto de procedimentos envolvendo a rastreabilidade. Mas, será que todos estão aptos a se enquadrar nesta nova regulamentação?

A resposta é não. A cadeia de produção e comércio destinada à exportação ou às grandes redes varejistas do País é a que já apresenta todas as informações disponíveis – e de forma integrada –, para se enquadrar à INC 02.

O grande desafio será para a cadeia de produção dos produtores e compradores (intermediários, atacadistas e varejistas) de pequena escala voltada ao mercado doméstico. No geral, esse grupo é menos integrado na cadeia, composta por um grande número de agentes, além da forte presença de intermediários entre os elos para facilitar a organização de lotes e posterior escoamento.

Nestes casos, muitos ainda não estão alinhados às normas e não possuem acesso às informações necessárias, sendo que tanto dentro da porteira quanto no trajeto da mercadoria (etiquetagem) precisam avançar. Uma parcela deles ainda não tem o caderno de campo com a rotina do manejo fitossanitário anotada.

Para saber mais sobre a nova lei da rastreabilidade, acesse a edição de setembro da revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cadeia de produção de HF, caminho da produção de HF's, Cepea, controle, frutas e hortaliças, Hortifruti Brasil, lei da rastreabilidade para os HF's, mudanças com a lei da rastreabilidade, rastreabilidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui