13/05/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Quem é o maior vilão no desperdício de alimentos?

Pesquisa aponta que o consumidor compra mais alimento do que, de fato, irá consumir

Por Ana Raquel Mendes
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Quem é o maior vilão no desperdício de alimentos?Ver fotos

Piracicaba, 13 – O desperdício de alimentos é um assunto em alta nos últimos anos e muitas iniciativas têm surgido para atenuar essa realidade. Um deles é o movimento de incentivo ao consumo de "ugly foods" – hortifrútis que normalmente seriam descartados, devido à má aparência.

Contudo, segundo o artigo Eating ugly food won’t save the world, publicado no jornal norte-americano The Washington Post, isso é apenas a ponta do iceberg. Nos Estados Unidos, as perdas nas fazendas e packing houses correspondem a apenas 20% do desperdício de alimentos, enquanto que, nos lares, esse valor sobe para 43%. Isso porque as pessoas compram mais alimentos do que, de fato, vão consumir.

Mas, então, quais seriam as alternativas para reduzir essas perdas, além do consumo dos "ugly foods"? Segundo o artigo, dentre algumas ações simples – mas eficientes no combate ao desperdício –, estão: substituir hortifrútis frescos pelos congelados, reduzir os volumes comprados e preparar receitas que aproveitem todo o alimento.

Ou seja, mais do que resgatar os alimentos "feios" é preciso que os consumidores alinhem seus hábitos de compra com os alimentares, de forma consciente e responsável, para que alimento algum seja "jogado fora".

Fonte: washingtonpost.com

Tags: Cepea, desperdício de alimentos, HF's com defeitos estéticos, hortifrútis feios, perdas de alimentos, redução do desperdício, The Washington Post, ugly food

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui