05/04/2021

HORTIFRUTI/CEPEA: Pandemia altera perfil de consumo de boa parte dos brasileiros

Aumento das refeições no lar beneficia os HFs

Por Hortifruti Brasil
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Pandemia altera perfil de consumo de boa parte dos brasileirosVer fotos

Piracicaba, 05 – Em 10 anos, a população brasileira presenciou algumas mudanças que impactaram o consumo de frutas e hortaliças, como destacado na edição de março da revista Hortifruti Brasil. A renda – afetada pela crise financeira – foi um dos principais influenciadores, especialmente para as classes mais baixas e a média. Por outro lado, enquanto o consumo de alimentos frescos caiu, houve avanço na aquisição de processados e ultraprocessados, indicando que, além do preço, a praticidade e até mesmo a indulgência são fatores decisivos nas compras dos brasileiros.

Mesmo com essa alteração, a pandemia de covid-19 também já tem gerado novas mudanças nos hábitos de consumo de boa parte dos brasileiros, devido aos impactos na renda e no desemprego – fatores que influenciam diretamente nas categorias de alimentos adquiridos. Essa interferência atingiu principalmente a classe média, uma vez que a maioria dos indivíduos dessa categoria não contou com o auxílio emergencial, distribuído pelo governo especialmente para os mais pobres. Desse modo, as compras foram freadas, e a busca por alimentos básicos continua sendo prioridade.

O consumo de produtos ultraprocessados (usualmente por conta do menor valor de venda e fácil acesso), práticos e snacks continuaram em ascensão, mesmo que práticas mais saudáveis tentem se sustentar entre a população. Os ultraprocessados também entraram na lista dos brasileiros, devido à busca por alimentos prazerosos, em meio a todo o estresse vivenciado, e à praticidade no preparo e armazenamento, uma vez que as pessoas querem evitar muitas idas às compras.

No entanto, com mais refeições caseiras e o surgimento de "novos chefs" nos lares brasileiros, os hortifrútis não foram esquecidos e estão mais incluídos nas listas dos consumidores e nas receitas! Neste ponto, uma nova preocupação surge: a higiene com os produtos. Consumidores estão optando cada vez mais por embalagens seguras e que garantam maior proteção dos HFs – especialmente nas classes mais altas.

 

 

 

Confira estas e outras informações sobre o perfil do consumidor brasileiro na edição de março da revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, consumo de alimentos no Brasil, consumo de HF no Brasil, HF Brasil, impactos da pandemia no consumo, perfil do consumidor brasileiro, POF/IBGE, renda

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui