07/03/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Mudanças na rotina interferem no tempo dedicado à alimentação

Os hábitos alimentares mudaram na última década?

Por Ana Raquel Mendes
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Mudanças na rotina interferem no tempo dedicado à alimentaçãoVer fotos

Piracicaba, 07 – O ritmo de vida tem se acelerado cada vez mais nos últimos anos – e, como é de se esperar, essa mudança acaba refletindo nos hábitos alimentares da população. É o que aponta o relatório EHM (Economic Research Service’s Adult Eating & Health Module), do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

De acordo com o estudo, realizado entre 2006/08 e refeito em 2016/18, o tempo que os adultos norte-americanos dedicam à alimentação caiu 5% em dez anos. Em contrapartida, o consumo de alimentos pré-prontos aumentou, principalmente entre jovens e homens.

O relatório também apontou que o tempo empregado à alimentação tende a ser influenciado pela idade dos indivíduos, pela composição das famílias e também pode aumentar conforme o grau de escolaridade.

E o que isso pode significar para os HF's? À primeira vista, que os padrões de consumo têm mudado. Com o tempo cada vez mais pressionado, o comportamento dos indivíduos e famílias diante de uma atividade tão básica – como a alimentação – já não é o mesmo. E o cenário deve continuar mudando: saúde e nutrição também são tópicos que devem incitar cada vez mais discussões, influenciando o consumo de frutas e hortaliças, devido à praticidade e à busca por uma alimentação mais nutritiva.

Fonte: USDA e Food Navigator

Tags: alimentação, consumo, estudo, hábitos alimentares, mudança nos padrões alimentares, padrões de consumo nos EUA, USDA

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui