05/06/2018

HORTIFRUTI/CEPEA: Modelos de combate ao greening para os próximos anos

HF Brasil estima os custos de dois projetos para enfrentar a doença

Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Modelos de combate ao greening para os próximos anosVer fotos

Piracicaba, 05 – Na edição de maio, a Revista Hortifruti Brasil avaliou dois modelos de produção para enfrentar o HLB (greening) nos próximos anos. Um deles é mais adaptado às condições de sequeiro (regiões em que o índice pluviométrico é bom e regular, como a região sul do cinturão citrícola) e o outro, irrigado (região norte).

Além disso, os dois projetos se diferem quanto ao nível de adensamento do pomar: enquanto o Projeto 1 tem um adensamento moderado, o 2 é mais intensivo. Por outro lado, o que ambos os modelos têm em comum são o calendário intenso de pulverizações, para manter baixo o nível da doença, e o tamanho da propriedade (em torno de 200 mil plantas).

Em termos técnicos, ambos os projetos foram formulados em conjunto com consultores da área (Gconci e Farmatac). Assim, na edição, foram apresentados os resultados dos custos de produção de cada projeto.

No entanto, é importante ressaltar que um dos pontos mais sensíveis para se colocar em prática nos dois modelos, considerando-se a citricultura atual, é se as condições orçadas, em termos de manejo, permitirão alcançar a curva de produtividade estimada.

Confira a estimativa completa dos custos de produção de cada projeto, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, custos de produção, greening, HLB, manejo pomares de citros, produção de laranja

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui