×
Citros
Junho 23, 2022
HORTIFRUTI/CEPEA: Em live, especialistas debatem desafios da citricultura e bananicultura nas próximas décadas
Organização, pesquisa e retenção de mão de obra são apontados como os pilares de sustentação

Por Nádia Zanirato
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
HORTIFRUTI/CEPEA: Em live, especialistas debatem desafios da citricultura e bananicultura nas próximas décadas Ver fotos

Holambra, 23 – O futuro da bananicultura e da citricultura de mesa nacionais foi o tema da primeira live realizada nesta quinta-feira, 23, o segundo dia da 27ª Hortitec. Com mediação da professora da Esalq/USP Margarete Boteon, os convidados Toni Simoneti, da Associação Nacional de Citros de Mesa, e Jeferson Magário, da Confederação Nacional dos Bananicultores, debateram sobre os desafios e as mudanças necessárias para as culturas de laranja e de banana nos próximos 20 anos.

Durante o bate-papo ao vivo, realizado na Sala do Produtor, que tem patrocínio da Basf, Simoneti e Magário ressaltaram a importância de o produtor se organizar e fazer parte de associações. “Fazendo parte de uma associação somos mais fortes, conseguimos ser ouvidos e, inclusive, reverter medidas que não favorecem o setor”, acredita Simoneti. Magário também enfatiza que, organizados, os produtores têm mais acesso à informação, tecnologia e, principalmente, à troca de experiência.

A importância da pesquisa foi outro tema bastante considerado pelos convidados durante a live desta manhã. “Precisamos de pesquisa. Não acredito que os preços dos insumos vão cair para os patamares anteriores, e a pesquisa pode ajudar os produtores a usar de forma mais eficiente esses produtos”, afirma Magário. Para Simoneti, as pesquisas também têm fundamental importância na introdução de novos e diferenciados produtos no mercado nacional.

O terceiro pilar que, de acordo com os convidados, merece destaque no planejamento dos próximos anos dessas culturas é a mão de obra. Simoneti e Magário reforçam a necessidade de qualificar e reter mão de obra para que a citricultura e a bananicultura prosperem e tenham resultados positivos nas próximas décadas.

Para conferir o bate-papo completo com Toni Simoneti e Jeferson Mágario, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=zia6mKwJ4Kw

Fonte: hfbrasil.org.br

Em parceria com:

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui

Tags
20 anos
2022
banana
Cepea
citros
estande
HF Brasil
Hortifruti Brasil
Hortitec
live
perspectivas