05/08/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Como desenvolver o frutiturismo fora de uma região turística?

O processo é mais difícil, mas não impossível!

Por Hortifruti Brasil
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Como desenvolver o frutiturismo fora de uma região turística?Ver fotos

Piracicaba, 05 – Desenvolver o frutiturismo fora de uma região considerada turística é mais difícil, mas não é impossível. De modo geral, neste caso, é necessário trabalhar de forma mais efetiva em pontos básicos, como infraestrutura, divulgação, mão de obra, entre outros – que estariam mais evoluídos numa região turística.

Para entender melhor este cenário, a Hortifruti Brasil entrevistou o produtor Luís Milner, da Chácara Catavento, localizada no distrito de Tupi, em Piracicaba (SP). A atividade da Chácara Catavento começou por conta da própria demanda local, que contribuiu ativamente na divulgação: em 2016, o proprietário recebeu pela primeira vez alguns grupos de famílias para realizarem a colheita dos mirtilos e de outras frutas vermelhas.

Com isso, Milner investiu na construção de uma experiência para que os participantes criassem uma conexão com a produção dessas frutas, tendo se espelhado em rotas já conhecidas nacionalmente, como o Circuito das Frutas. Para isso, o produtor contou com ajuda, também, da comunidade acadêmica. Apesar da proximidade com grandes centros urbanos e a boa infraestrutura fora da propriedade, Milner afirmou que as iniciativas de marketing e a infraestrutura tiveram que ser bem efetivadas e aprimoradas continuamente.

Ainda que tenha potencial, a atividade está em processo de consolidação, já que é muito recente. A ideia agora é expandir esse exemplo para a comunidade local, buscando por parceiros e pela criação de uma nova rota, que conte com outras propriedades e consolide ainda mais esse tipo de turismo na região.

Para conferir mais exemplos de atividades turísticas consolidadas em regiões pouco tradicionais, acesse a edição de julho da revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atividades turísticas na fazenda, Chácara Catavento, desafios e oportunidades do frutiturismo, experiência do consumidor, frutiturismo, Hortifruti Brasil, turismo rural, turismo rural em regiões pouco tracicionais

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui