10/06/2019

HORTIFRUTI/CEPEA: Aplicativos buscam reduzir o desperdício de alimentos

Projetos ocorrem em lojas dos EUA, Canadá, Inglaterra e Brasil

Por Caroline Ribeiro
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
HORTIFRUTI/CEPEA: Aplicativos buscam reduzir o desperdício de alimentosVer fotos

Piracicaba, 10 – Um aplicativo de compras, desenvolvido por uma empresa canadense, busca reduzir o desperdício de alimentos em supermercados. Como? O recurso permite que os consumidores identifiquem quais alimentos estão próximos às datas de vencimento, para que sejam adquiridos a preços menores – reduzindo, assim, o desperdício de comida e os gastos com as compras.

Para utilizá-lo, basta baixar o aplicativo (gratuito) no smartphone, escolher os produtos disponíveis no período e realizar a compra, retirando os itens a qualquer momento nas lojas participantes. O projeto piloto do aplicativo, chamado Flashfood, está sendo aplicado em diversas redes de supermercado – em lojas dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra.

Foto: supermarketnews.com

BRASIL – No Brasil, um recente lançamento busca o mesmo: viabilizar a compra de alimentos excedentes em estabelecimentos de Londrina (PR), como restaurantes, padarias, varejões e lanchonetes, a preços mais acessíveis. Para a empresa Ecofood, o objetivo é reduzir a cultura do desperdício entre todos (comerciantes e consumidores), por meio da comercialização de comida que, ao fim do expediente, iria para o lixo.

Pelo aplicativo, os usuários podem adquirir um voucher, que deve ser apresentado na retirada da refeição – sendo que a disponibilidade varia conforme o excedente de alimentos no dia. Quem sabe, a ideia não se espalha por todo o País?!

Fonte: supermarketnews.com, ecofood.com.br e folhadelondrina.com.br

Tags: ações contra o desperdício de comida, alimentação, aplicativos para reduzir desperdício, Cepea, Ecofood, Flashfood, redução do desperdício de alimentos, sustentabilidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui