31/07/2020

TOMATE/CEPEA: Enfim, a alta tão esperada dos preços!

Queda nas temperaturas pode controlar maturação na próxima semana

Por Raquel Moreira Sabelli, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Enfim, a alta tão esperada dos preços!Ver fotos

Piracicaba, 31 - Entre os dias 27 e 31/07, o tomate salada longa vida 3A, caixa de 18-20 kg, ficou em R$ 38,68 (+52,61%) na Ceagesp, em R$ 42,38 (+30,40%) em Campinas/SP, em R$ 34,36 (+45,73%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 29,21 (+55,18%) em Belo Horizonte/MG. Na semana anterior, as temperaturas mais elevadas resultaram em acentuada maturação dos frutos, elevando a oferta e causando até descarte. Como boa parte do que havia para ser produzido já foi colhido, a oferta diminuiu esta semana, podendo estimular nova alta na próxima, já que desde que se iniciou a quarentena, em meados de março, os semeios passaram a ser menores do que o planejado, e essas áreas, em sua maioria, começam a ser colhidas a partir de agosto. Além disso, a previsão é de temperaturas mais baixas na próxima semana, que devem controlar a maturação dos tomates.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, colheita, frio, fruto, maturação, menor oferta, oferta, tomate, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui