15/04/2021

CITROS/CEPEA: USDA reduz safra da Flórida para 51,7 milhões de caixas

Menor produção de suco pode elevar importações

Por Isabela Camargo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: USDA reduz safra da Flórida para 51,7 milhões de caixasVer fotos

Piracicaba, 15 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu a estimativa de produção citrícola da Flórida para a safra 2020/21. A nova projeção aponta que o estado deve colher apenas 51,7 milhões de caixas de 40,8 kg de laranja, queda de 23% em relação à temporada anterior.

Os dois principais motivos da menor produção são a queda de frutos, que está mais acentuada e deve permanecer assim até o final da safra, e o menor tamanho médio das laranjas. Ainda que o clima tenha forte influência neste cenário, vale lembrar que estes dois fatores (queda de frutos e menor calibre) são os principais sintomas do greening, doença que atinge praticamente 100% das árvores da Flórida.

Como o Brasil é o principal exportador da commodity aos Estados Unidos – na parcial da safra, foi responsável por 71,5% das exportações de FCOJ e por 81,9% das de NFC, segundo dados do Departamento de Citros da Flórida –, a maior necessidade de importação pode favorecer os embarques brasileiros.

Fonte: hfbrasil.org.br e USDA

Tags: Cepea, citricultura, citros, estimativa de safra da Flórida, HF Brasil, produção citrícola nos EUA, produção de laranja na Flórida, USDA

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui