26/07/2019

CITROS/CEPEA: Safra 2019 de poncã se aproxima do fim

Agora, o mercado é abastecido por frutas de MG

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Safra 2019 de poncã se aproxima do fimVer fotos

Piracicaba, 26 – A maior parte dos produtores paulistas já encerrou a colheita da tangerina poncã da temporada de 2019. Agora, restam apenas poucos volumes disponíveis no mercado de mesa, provenientes das roças mineiras.

Segundo agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, a oferta de poncã deve se estender somente até o início de agosto – tendo, portanto, um mês a mais de duração em relação a 2018 (devido à maior oferta neste ano). Nesta semana (22 a 26/07), a variedade foi comercializada à média de R$ 28,19/cx de 27 kg, na árvore, alta de 15,4% frente à anterior.

Para a laranja pera, a pressão sobre os preços tem aumentado por parte de compradores, mas produtores têm resistido a negociar a fruta a patamares inferiores a R$ 15,00/caixa. No período, a média de comercialização da variedade foi de R$ 18,08/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 1,3% em relação à semana anterior.

Já no caso da lima ácida tahiti, com a redução dos embarques ao mercado externo e a baixa procura no doméstico, os preços estão em queda. Além disso, segundo agentes, as chuvas registradas no início de julho favoreceram o desenvolvimento das frutas e a oferta se elevou levemente nos últimos dias. Assim, nesta semana, a variedade teve média de R$ 21,94/cx de 27 kg, colhida, 21,9% inferior à do período anterior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, clima, cotação de citros, demanda, laranja, oferta, preços de laranja, preços de poncã, preços de tahiti

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui