01/04/2021

CITROS/CEPEA: Preços da tahiti tentam avançar, mas fecham a semana em queda

Feriado e restrições mantêm o mercado calmo

Por Isabela Camargo, Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Preços da tahiti tentam avançar, mas fecham a semana em quedaVer fotos

Piracicaba, 1ºO mercado paulista esteve mais aquecido para a lima ácida tahiti nos últimos dias, devido à aproximação do feriado de sexta-feira, 2 (Paixão de Cristo), quando a demanda pela fruta aumenta, tendo em vista a utilização da fruta para tempero de pratos típicos do período. Apesar disso, os preços não se sustentaram: nesta semana (29/03 a 1º/04), a fruta registrou média de R$ 14,51/cx de 27 kg, colhida, queda de 4,8% em relação à anterior.

Para a laranja, o escoamento continua enfraquecido no estado de São Paulo, o que resultou em nova queda nos preços. Na semana, a pera foi comercializada a R$ 38,84/cx de 40,8 kg, na árvore, baixa de 1,5% no mesmo comparativo.

Além das restrições da pandemia, a retração nas vendas de laranjas se deve ao início mais efetivo da colheita de tangerina poncã no estado de São Paulo. O valor dessa fruta nesta semana foi de R$ 36,75/cx de 27 kg. A expectativa dos produtores é de que a oferta paulista se eleve neste mês, mas ainda sem excessos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: citros, colheita, cotação, demanda, laranja, lima ácida tahiti, limão, oferta, ponca, preço, safra, tahiti, tangerina

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui