28/06/2019

CITROS/CEPEA: Preço da laranja pera se recupera

Com maior ritmo de moagem, volume de precoces in natura está limitado

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Preço da laranja pera se recuperaVer fotos

Piracicaba, 28 – Com a intensificação do ritmo de moagem das laranjas da safra 2019/20, a expectativa de agentes do setor é de que o volume se reduza no mercado de mesa e evite desvalorizações significativas da fruta no próximo mês. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, como a oferta de precoces já se reduziu no segmento in natura, a procura pela pera acabou aumentando nos últimos dias. Assim, nesta semana (24 a 28/06), a pera foi negociada à média de R$ 18,25/cx de 40,8 kg, na árvore, estável frente à anterior.

Quanto à tangerina poncã, a procura continua firme em São Paulo, superior à de outras variedades de cítricos. A oferta da fruta paulista, por outro lado, está cada vez menor – devendo se encerrar nos próximos dias. Neste cenário, a poncã foi negociada a R$ 22,86/cx de 27 kg, alta de 5,9% em relação ao período anterior.

Para a lima ácida tahiti, produtores ainda têm limitado a colheita da variedade, para evitar desvalorizações significativas – uma vez que a demanda interna segue enfraquecida e a oferta de fruta nas árvores, elevada. Nesta semana, o valor médio foi de R$ 15,35/cx de 27 kg, colhida, alta 4,9% em relação à anterior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: citros, demanda, laranja, lima ácida tahiti, limão, meia estação, mercado de mesa, oferta, pera, ponca, precoce, qualidade, tahiti, tangerina

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui