25/10/2018 às 23:00

CITROS/CEPEA: Pera temporã ameniza escassez de laranja em SP

Com maior oferta de frutas miúdas, preço da tahiti cai

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Pera temporã ameniza escassez de laranja em SPVer fotos

Piracicaba, 26 – As chuvas registradas neste mês têm amenizado o cenário de escassez de laranja no estado de São Paulo. Mesmo que de forma pontual, alguns produtores já têm colhido peras temporãs, no intuito de suprir o baixo volume disponível da fruta e aproveitar os preços firmes.

Contudo, conforme colaboradores do Hortifruti/Cepea, a procura ainda é baixa, pois compradores evitam adquirir laranjas a preços elevados – optando, em alguns casos, pelas frutas com menor qualidade. Nesta semana (22 a 26/10), a pera teve média de R$ 32,64/cx de 40,8 kg, na árvore, praticamente estável (-0,8%) em relação à semana passada.

As precipitações também têm sido positivas ao desenvolvimento de lima ácida tahiti. Neste cenário, a oferta da variedade já está se elevando no estado de São Paulo, mas apenas para frutas miúdas. Conforme produtores, um maior volume de tahiti graúda deve chegar ao mercado paulista na primeira quinzena de novembro. Na semana, a variedade teve média de R$ 69,51/cx de 27 kg, colhida, queda de 9,1% em relação ao período anterior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, clima, cotação de laranja, oferta, preço de tahiti, preços de laranja

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui