07/12/2018

CITROS/CEPEA: Para evitar perdas, produtores aceleram colheita de laranja

Cotação da tahiti recua pela nona vez

Por Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Para evitar perdas, produtores aceleram colheita de laranjaVer fotos

Piracicaba, 07 – O consumo de laranja esteve mais aquecido no começo desta semana, devido ao período de início de mês e ao clima mais quente em São Paulo. No entanto, as chuvas da semana passada aceleraram o crescimento das frutas e, no intuito de evitar perdas, produtores intensificaram a colheita das laranjas. Esse contexto, por sua vez, elevou a oferta e pressionou as cotações.

A média da variedade pera foi de R$ 27,58/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 4,1% em relação à da semana anterior. Com o aumento da oferta de outras frutas de "fim de ano" a preços atrativos, como as de caroço, as vendas de laranja podem ficar mais limitadas nas próximas semanas.

No caso da lima ácida tahiti, os preços recuaram novamente, pela nona semana consecutiva. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a oferta de frutas com calibres médios e graúdos tem se elevado gradualmente – cenário que deve se manter no correr deste mês. Assim, a média da tahiti foi de R$ 16,69/cx de 27 kg, colhida, queda de 29,2% em relação à da semana passada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, cotação, Frutas de caroço, laranja pera, lima ácida tahiti, oferta, preços de laranja, preços de tahiti

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui