19/06/2020

CITROS/CEPEA: Laranjas miúdas têm baixo escoamento nos mercados

Preço da tahiti se enfraquece

Por Isabela Camargo, Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Laranjas miúdas têm baixo escoamento nos mercadosVer fotos

Piracicaba, 19 – As vendas de laranja de mesa permaneceram desaquecidas nesta semana, devido ao clima mais frio em São Paulo. Com restrições em restaurantes e lanchonetes e escolas fechadas, a demanda tem sido preferencialmente para as frutas mais graúdas, o que vem resultando em “sobras” de laranjas com menor calibre. Ainda que essas frutas possam ser destinadas à indústria, os preços da pera de mesa voltaram a ser pressionados. Nesta semana (15 a 19/06), a média foi de R$ 25,14/cx de 40,8 kg, na árvore, valor 0,5% menor que o do período anterior.

No caso da lima ácida tahiti, com o mercado externo desaquecido, os preços caíram 12,3% nesta semana frente à anterior, com média de R$ 28,05/cx de 27 kg, colhida.  A maior entrada de limões e limas de outras origens na Europa está limitando a demanda pela fruta brasileira.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: calibre, citros, cotação, demanda, exportação, indústria, laranja, lima ácida tahiti, limão, moagem, oferta, preço, tahiti

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui