16/10/2020

CITROS/CEPEA: Em uma semana, pera se valoriza em mais de 12%

Em contrapartida, tahiti tem forte queda nos preços

Por Isabela Camargo, Caroline Ribeiro e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Em uma semana, pera se valoriza em mais de 12%Ver fotos

Piracicaba, 16 Enquanto o clima quente e seco desfavorece o desenvolvimento das frutas, aquece o consumo no mercado de mesa. Mesmo com o feriado na última segunda-feira, 12 (Nossa Senhora Aparecida), o volume de laranjas escoado nesta semana foi considerado satisfatório.

Assim, a maior demanda doméstica e a redução da oferta de laranjas com qualidade manteve os preços em alta. Na semana (13 a 16/10), a pera registrou média de R$ 39,82/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 12,2% em relação à semana passada. Para a laranja lima, houve avanço de 31,7% nos preços nesta semana, comercializada à média de R$ 57,93/cx de 40,8 kg.

Quanto à lima ácida tahiti, a oferta de fruta de qualidade está restrita, mas há maior disponibilidade de produto miúdo. Além disso, com a significativa alta na semana anterior – quando a fruta foi negociada a até R$ 90,00/cx de 27 kg –, o escoamento ficou comprometido. Assim, o valor de comercialização da tahiti foi de R$ 63,39/cx de 27 kg, colhida, 22% inferior ao da semana passada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: citros, clima, consumo, cotação, demanda, laranja, lima ácida tahiti, limão, oferta, pera, preço, qualidade, safra, seca, tahiti, temperatura

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui