01/11/2019

CITROS/CEPEA: Calor estimula consumo de laranja e preço sobe

Por outro lado, clima reduz calibre da tahiti

Por Caroline Ribeiro, Isabela Camargo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Calor estimula consumo de laranja e preço sobeVer fotos

Piracicaba, 1º – Com as altas temperaturas, o mercado de laranja in natura registrou bom escoamento nesta semana (28/10 a 1º/11), ainda que abaixo das anteriores, devido ao período de final de mês. Assim, o preço da pera segue firme no mercado de mesa paulista, motivado pela baixa oferta de frutas com qualidade e de maior calibre. Nesta semana, a pera teve média de R$ 26,46/cx com 40,8 kg, na árvore, elevação de 4,3% em comparação com a semana passada.

No caso da lima ácida tahiti, o clima pouco favorável – com baixo volume pluviométrico – segue influenciando na grande oferta de miúdas. Dessa forma, os preços tiveram, novamente, forte oscilação, mas ainda são sustentados pelas maiores cotações das frutas com qualidade.

Na semana, a tahiti foi negociada por R$ 97,63/cx com 27 kg, colhida, alta de 14,6% em relação ao período anterior. De acordo com citricultores, esse cenário deve se manter assim até que as precipitações sejam regularizadas e a entrada de frutas graúdas no mercado volte a se elevar.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: calibre, citros, clima, cotação, demanda, laranja, lima ácida tahiti, limão, oferta, preço, qualidade, tahiti

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui