19/05/2020

CITROS/CEPEA: Após estimativa para 2020/21, contratos se intensificam nas indústrias de SP

Valores das propostas aumentam

Por Isabela Camargo Gonçalves e Fernanda Geraldini
Em parceria com
Ihara
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: Após estimativa para 2020/21, contratos se intensificam nas indústrias de SPVer fotos

Piracicaba, 19 – Diferentemente das duas últimas temporadas (2018/19 e 2019/20), a contratação de laranjas por parte das indústrias não foi feita com grande antecedência em 2020/21. Ainda que a menor produção fosse consenso entre agentes do setor, as incertezas quanto ao tamanho retardaram o início das contratações, que ocorreram a partir do final de abril, pouco antes da divulgação da estimativa de safra do Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura).

No período, as propostas realizadas estiveram em torno de R$ 20 a R$ 22/cx de 40,8 kg, colhida e posta na fábrica. Contudo, diante da proximidade da divulgação dos números oficiais, poucos produtores fecharam negócios nestes patamares.

Após a estimativa vir a público (na segunda-feira, 11), a procura por parte das processadoras se intensificou e os valores chegaram a R$ 25,00/cx – algumas propostas pontuais também foram negociadas em dólar, sendo bastante atrativas, considerando-se a valorização da moeda nos últimos meses.

Neste cenário, a expectativa é que a maior parte dos citricultores que comercializa sua produção à indústria feche contratos antes do início do processamento, previsto para junho. Assim, a participação do mercado spot pode ser menor nesta safra, ficando restrita principalmente a mercadistas.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, citricultura, citros, contratos com indústrias de laranja, estimativa de safra de laranja, fundecitrus, moagem de laranja, preços de laranja na indústria, produção de laranja em 2020/21

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui