28/02/2020

CITROS/CEPEA: A folia terminou, mas os bons preços da pera, não!

Por outro lado, cotação da tahiti recua ainda mais

Por Isabela Camargo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CITROS/CEPEA: A folia terminou, mas os bons preços da pera, não!Ver fotos

Piracicaba, 28 – A demanda por laranja foi baixa nesta semana de carnaval (24 a 28/02). Do lado da oferta, as chuvas em São Paulo comprometeram ainda mais a qualidade das frutas (principalmente de variedades tardias), reduzindo o volume com melhor padrão para o mercado de mesa. Ainda assim, os preços seguem firmes: nesta semana, a média da pera foi de R$ 34,42/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 2,9% frente à anterior.

No caso da lima ácida tahiti, além da pressão da elevada oferta, as chuvas também atrapalharam as atividades de campo e a qualidade das frutas. Nesta semana, a tahiti foi negociada a R$ 9,31/cx com 27 kg, colhida, desvalorização de 5,6% em relação à semana passada.

Ainda que em ritmo lento, a colheita de tangerina poncã foi iniciada no estado de São Paulo. Mesmo um pouco fora do estágio de maturação demandado pelo segmento in natura, alguns produtores têm ofertado a variedade para aproveitar os preços altos no mercado, já que a oferta paulista é baixa, com predomínio de frutas de Minas Gerais.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: carnaval, Cepea, citricultura, citros, clima, colheita de poncã, demanda, oferta de laranja, oferta de tahiti, preços de laranja, preços de tahiti, qualidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui