29/11/2019

CENOURA/CEPEA: Problemas fitossanitários começam a afetar lavouras em MG

Descartes aumentaram, mas ainda não são expressivos

Por Eduarda Pinheiro, Daniel Júdice Gonçalves e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CENOURA/CEPEA: Problemas fitossanitários começam a afetar lavouras em MGVer fotos

Pircaicaba, 29 - Nesta semana (25 a 29/11) colaboradores do Hortifruti/Cepea da região de São Gotardo (MG) relataram que a produtividade começou a ser afetada por problemas fitossanitários. Deste modo, uma parte das cenouras foi descartada, ainda que o volume não seja considerado expressivo.

O motivo dos descartes são problemas como mela, nematoides e bifurcação, oriundos de clima mais quente e úmido – devido ao maior volume pluviométrico na região. Esse cenário ainda não afetou a disponibilidade das raízes no mercado, mas, espera-se que a oferta diminua e influencie nos preços no próximo mês.

No momento, as cotações da cenoura continuam estáveis e o preço médio comercializado da caixa de 29 kg de “suja” foi R$ 7,50 nesta semana.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da cenoura, preço da cenoura, problemas fitossanitários, produção, rentabilidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui