12/04/2019

CENOURA/CEPEA: Chuvas ainda causam descarte em MG

Volume descartado aumentou com a incidência de problemas fitossanitários

Por Eduarda Pinheiro e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CENOURA/CEPEA: Chuvas ainda causam descarte em MGVer fotos

Piracicaba, 12 - As precipitações permanecem afetando o cultivo de cenouras em São Gotardo (MG). Nesta semana (08 a 12/04) o volume descartado aumentou por conta da maior incidência de pintas e nematoides acarretados pelo calor e chuvas.

Deste modo, a oferta diminuiu e os preços subiram: a caixa de 29 kg de “suja” foi vendida a R$ 34,20, valor 14% maior quando comparado a semana anterior. Colaboradores do Hortifruti/Cepea relataram que a maior parte das raízes está sendo comercializada após a lavagem devido aos bons preços obtidos depois do processo de beneficiamento.

Além disso, a cotação das cenouras tipo “G” – mais graúdas – apresentou alta de 16%, uma vez que estão escassas devido ao menor desenvolvimento secundário das raízes nas lavouras. Sendo assim, cenouras de menor calibre continuam predominando no mercado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cenoura, chuvas, clima, cotação, preço, produção, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui