16/04/2021

CEBOLA/CEPEA: Mercado é mais devagar e preços caem no Sul

Para evitar estoques, as compras foram limitadas

Por Larissa Miiller
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CEBOLA/CEPEA: Mercado é mais devagar e preços caem no SulVer fotos

Piracicaba, 16 - Caminhando para a finalização da safra, as praças catarinenses de Ituporanga e Lebon Régis registraram redução nas cotações da cebola nesta semana (12 a 16/04). Em Ituporanga, houve queda de 15,8% na média de preços da cebola ao produtor, que fechou a semana a R$ 2,04/kg. Em Lebon Régis, a desvalorização foi de 10,8%, a R$ 51,50/sc de 20 kg da caixa 3 beneficiada.

Segundo colaboradores, o escoamento foi mais lento nesta semana devido à menor procura por parte dos compradores, que têm evitado os estoques diante da situação mais restrita do País durante a pandemia da covid-19. Além disso, houve maior entrada das cebolas da Argentina, elevando a disponibilidade e impactando negativamente no preço do bulbo nacional. Ainda assim, o cenário permanece positivo aos produtores que estão comercializando, com cotações acima das estimativas de custo, garantindo um bom retorno. Para a próxima semana, não são esperadas grandes mudanças no mercado, mas uma maior importação e aumento da colheita do Nordeste podem elevar a oferta disponível. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da cebola, preço da cebola, produção de cebola

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui