26/03/2021

CEBOLA/CEPEA: Escoamento flui, mas preço médio apresenta leve queda

Qualidade afetada e redução dos pedidos do Nordeste limitaram aumentos

Por Ana Clara Oliveira e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
CEBOLA/CEPEA: Escoamento flui, mas preço médio apresenta leve quedaVer fotos

Piracicaba, 26 - Esta semana (22 a 26/03) foi caracterizada por uma leve melhora nas vendas de cebola em Santa Catarina, porém, não foram suficientes para elevar os preços em meio às medidas de restrição ao covid-19. As cotações marcaram R$ 1,69/kg ao produtor em Ituporanga (SC) e R$ 1,67/kg em Lebon Régis (SC), a quarta redução consecutiva de 4,9% e de 17,3%, respectivamente. Uma parcela dos colaboradores de SC relatou que a demanda do Nordeste diminuiu, uma vez que a região iniciou a colheita.

Além disso, devido ao período de finalização da safra no Sul somado à lentidão no escoamento nas últimas semanas, alguns bulbos tiveram a qualidade prejudicada por estarem a longo tempo armazenados, o que também contribuiu para a queda das cotações. O cenário incerto acarretado pela pandemia, o aumento da oferta no Nordeste e a menor qualidade de parte dos bulbos impediram uma elevação nos preços, mesmo diante da oferta controlada. Por outro lado, como a cebola é um produto essencial, a demanda pela mercadoria tende a se estabilizar.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação da cebola, preço da cebola, produção de cebola

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui